Cultura LAC_0791

Publicado em 04/04/2017 | por Vanessa Ieno

0

Show Padre Fábio de Melo

Com 20 discos gravados e mais de 2 milhões de cópias vendidas, Padre Fábio de Melo realizou, no dia 07 de abril em Campinas, o show “A estrada sou Eu” para inaugurar o projeto Campinas Fun, assinado pela Virazóm e OA Eventos. O Campinas Fun oferecerá shows de grandes artistas nacionais e internacionais em eventos organizados com todo conforto, comodidade e segurança para o público.

O espetáculo “A estrada sou Eu” inclui no repertório os maiores sucessos do Padre Fábio de Melo, como As estações da vida, Tom de calma, Cara de família, Tudo é do Pai e faixas do CD Deus no esconderijo do verso. Assim como outras músicas que vão além da mensagem religiosa, como Tocando em Frente de Almir Sater e Apenas mais uma de amor de Lulu Santos.

pdefabiodemelo-01Comparecemos ao show para fazer a cobertura e vivenciamos exatamente a experiência que o público em geral teve – e se espera ter nos demais eventos do Campinas Fun: entrada tranquila, organização, equipe de apoio prestativa (o que sempre é bem-vinda, principalmente neste em que existiam na plateia muitos idosos e um número considerável de cadeirantes e com deficiência visual), e todo mundo sentado para apreciar o artista. O Pe Fábio de Melo foi pontual, tem carisma, canta bem e tem gingado, sim, senhor. Soubemos apreciar tudo isso, mas o que me encantou foram as suas palavras. Eu não conhecia o trabalho do Padre, não o sigo nas redes sociais (apesar de ter conhecimento de que nelas é uma figura bem popular e divertida), e independentemente de religião, gostei demais do que ele disse (o show é permeado por músicas e temas como autoconhecimento e amor próprio).

Abaixo, fotos que tiramos do show – que eu indico! (mais fotinhos e vídeos na nossa fan page)

fabiodemelo2

fabiodemelo

fabiodemelo3

fabiodemelo4

fabiodemelo5

Abaixo, a plateia foi convidada a se levantar para dançar forró, isso mesmo, forró com o Padre. Nesta hora, reinaram os celulares!!!

fabiodemelo6

Sobre o Padre Fábio de Melo

Padre Fábio de Melo consolida-se, cada vez mais, como um dos atuais pilares da música católica.  O sacerdote, que atua na Diocese de Taubaté (SP), tem 46 anos de idade, é cantor, compositor, poeta, escritor, professor e apresentador do programa Direção Espiritual na TV Canção Nova. Ele é graduado em Filosofia e Teologia com pós-graduação em Educação e em Teologia Sistemática.

Por meio da música, transformou-se em um fenômeno da evangelização. Todo o seu repertório valoriza a religiosidade e a cultura e suas composições são classificadas como “poesias com uma roupagem e ritmos modernos”. “Creio no poder da comunicação religiosa da música popular e tento fazer com que as canções sejam uma ponte entre a palavra de Deus e o coração dos brasileiros”, diz.

São 20 discos gravados, 5 DVDs/ Blu-rays e 13 livros publicados. As vendas ultrapassam os 2 milhões de discos e mais de 3,5 milhões de exemplares de suas obras literárias. O Padre Fábio de Melo foi indicado ao Grammy Latino 2016, na categoria “Melhor álbum cristão em português”, com o CD “Deus no esconderijo do verso”.

Entre as obras literárias destacam-se “Quem me roubou de mim”, “Tempo: saudades e esquecimentos”, “Quando o sofrimento bater à sua porta”, “Amigo: somos muitos, mesmo sendo dois”, “Orfandades” e “Tempos de espera”, sempre entre os mais vendidos no Brasil.

De origem humilde, o Padre Fábio de Melo nasceu em Formiga, Minas Gerais, em 3 de Abril de 1971, fruto da união do pedreiro e violeiro Dorinato Bias Silva com a dona de casa Ana Maria de Melo Silva, sendo o caçula de oito irmãos.

Após 16 anos de formação e estudos nos seminários Dehonianos, ordenou-se sacerdote, em 2001, pelas mãos de Dom Alberto Taveira, na Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus, a mesma do Padre Zezinho, precursor dos religiosos cantores na década de 60. Gravou seu primeiro disco, “De Deus um cantador”, em 1997, e lançou seu primeiro livro, “Tempo, saudades e esquecimentos – O cotidiano como lugar da Revelação”, em 2006.

Tags: , , , ,


Sobre o autor

Empresária, editora e psicóloga (tudo junto e misturado). Apaixonada por cachorros e bichos, crianças, livros, viagens, filmes, séries de TV, queijos, suco de uva, sorvete de jabuticaba e pelo maridão (tudo junto ao mesmo tempo agora). Pretende viver 120 anos para realizar cada item que consta em sua (imensa) lista de desejos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para o Topo ↑