Cultura curta_Com_Pipoca

Publicado em 06/08/2018 | por Krishna Shinno

0

Ilha dos Cachorros

Curta com Pipoca tem bons motivos para indicar este filme lançado pela Fox Films. Primeiro porque a narrativa gira em torno do melhor amiguinho “pet” que podemos ter, ou seja o nosso fiel cãozinho. Ilha dos Cachorros (Isle of Dogs) é o mais recente longa de Wes Anderson que retorna ao estilo stop-motion como o de “O Fantástico Sr. Raposo” de 2009. Humm… se por acaso seu querido cachorro desaparecer, saiba onde encontrá-lo!

Atari Kobayashi (Koyu Rankin) é um garoto japonês de 12 anos de idade. Ele mora na cidade de Megasaki sob a tutela do corrupto prefeito Kobayashi (Kunichi Nomura). O político aprova uma nova lei que proíbe os cachorros de morarem no local, fazendo com que todos os animais sejam enviados a uma ilha vizinha repleta de lixo. Mas o pequeno Atari não aceita se separar do cachorro Spots (Liev Schreiber). Ele convoca os amigos, rouba um jato em miniatura e parte em busca de seu fiel amigo. A aventura épica vai transformar completamente a vida da cidade. Ao chegar na ilha ele encontra os cães Chief (Bryan Cranston), Rex (Edward Norton), Duke (Jeff Goldblum) e Boss (Bill Murray). Como uma equipe, todos tentam ajudá-lo a encontrar Spots. Ilhadoscachorros_curta-01

Direção de Wes Anderson, responsável por maravilhosos filmes como Moonrise Kingdom, Grande Hotel Budapeste, A Vida Marinha com Steve Zissou, Viagem a Darjeeling  e Os Excêntricos Tenenbaums. Nessa animação podemos sentir o som forte do Taiko (tambores japoneses), a suavidade do Haikai (poema  japonês) e a narração de Courtney B. Vance encaixado perfeitamente. Apesar de ser uma animação, sua principal caraterística também envolve um tipo de ditadura “neonazista” acompanhada de uma boa conspiração e jogo de interesses políticos. Para quebrar esse lado obscuro, surge a fofa estudante de intercâmbio e ativista Tracy Walker (Greta Gerwig), que ao saber da história de Atari Kobayakashi,  decide investigar a fundo. O enredo tem uma sequência  muito bem elaborada apesar do idioma japonês não ser traduzido em muitas ocasiões. Mas você não se perde na história e consegue imaginar vários desfechos, que por sinal passam pela sua imaginação o tempo todo. Wes Anderson sem dúvidas escolheu um elenco de primeira com nomes como Scarlett Johansson, Tilda Swinton, Bob Balaban, Yoko Ono, Frances McDormand, Fisher Stevens, Ken Watanabe, Harvey Keitel, F. Murray Abraham,  Angelica Houston e grande elenco de atores japoneses. O filme demonstra um sentimento de admiração e respeito que o cão sente pelo seu dono, mas o homem esquece o quanto seu fiel amigo fez parte de sua vida. Para reverter essa situação só o pequeno Atari, que irá resgatar o seu amigo e provar a verdade. Recomendo muito essa emocionante aventura, garanto que vocês vão se identificar com algum personagem.

Quem ama seus cachorrinhos entenderá muito bem o coração de Atari. Wes Anderson acertou novamente com um toque bem oriental, divertido, emocionante e muito bem-vindo. Está nos cinemas e aproveitem para refletir sobre adotar um cachorrinho ou outro bichinho. No momento em que ele entra para sua vida, você passa a ver o mundo diferente com o olhar dele. Uma ótima semana e fiquem em paz!

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


Sobre o autor

Aprecia tudo que esteja culturalmente agregado às emoções, e o cinema faz parte do universo encantador que a transporta para sonhos até transformá-los em história. Compartilha as suas experiências cinéfilas, acompanhada de uma boa dose de reflexão.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para o Topo ↑