Beleza Portal_Soul

Publicado em 01/03/2019 | por Mary Hellen Jasso

1

Beleza para noite

Ooolááá, meu povo, saudade de escrever para vocês! Espero que todo mundo tenha começado o ano com energia renovada e que esteja sendo produtivo!

Bóra lá, falar de beleza?

O assunto hoje está ligado a eventos noturnos e maquiagem que fazemos nessas ocasiões. Pela época do ano, é normal muitos atendimentos a formandos e convidadas de festas, baladas no geral, e esse público tem uma peculiaridade: ousam mais na make. Só por ser um evento noturno, assim como shows ou outros tipos de festas, já é comum a preferência por alguma coisa mais marcante, e se tratando ainda de quem está encerrando um ciclo e começando um novo, percebo que mais ainda!

E aí, o que é legal? Onde posso arrasar e onde é melhor dar uma seguradinha? Sempre falo que não há regras, tudo depende de você se sentir bem e segurar no carão rsrsrs. Inclusive, penso isso até em eventos mais formais e menos “balada”, como casamentos, por exemplo, onde apesar da maioria escolher alguma coisa mais clássica e leve, se seu estilo é um esfumado preto e boca vermelha, se joga! Maaass, não é porque não há regras, formalidades ou padrão a ser seguido, que não tenhamos que nos preocupar com alguns pontos.

Efeito fantasma: Gente, todo mundo já deve ter visto uma foto onde a pessoa, inclusive famosa, estivesse com uma parte do rosto branco estourado, ou o rosto todo bem mais claro. Isso acontece porque alguns componentes de base, corretivos e pós, refletem a luz do flash, principalmente de celular que é direta, acabando com sua recordação daquela produção que, ao vivo, estava linda!

makeestouradaflash

Vamos aos vilões: Sílica e Dióxido de titânio. Esses componentes são responsáveis pelo efeito matte, aquela pele sequinha, aveludada e disfarce óptico, que nada mais é que o disfarce de imperfeições ou linhas de expressão através justamente da reflexão da luz. Muita gente fala também no fator de proteção solar, como se todo produto que tivesse FPS estourasse, mas não é bem assim. É que muitas bases que possuem proteção têm bastante dióxido na composição, mas não necessariamente todas.

E qual a melhor forma então de evitar?

Leia a composição antes de comprar, caso alguns desses componentes apareça no começo da lista, fuja! Caso esteja entre os últimos, a concentração é pequena e tudo bem! Se perceber que algum produto que já tem em casa possui bastante concentração, deixe para usar de dia. Caso queira usar pó translúcido, opte pelos rosados ou amarelados, deixe os brancos para profissionais ou dia a dia. O tom e subtom tem que ser o exato ou até um a mais no caso de festas a noite, caso contrário pode acinzentar ou ficar esbranquiçado e no caso dos corretivos, nada de usar muito mais claro. Esfume bem os produtos, tanto os cremosos, quanto os em pó, quando há acumulo, as chances de estourar ali são maiores. E quando for fotografar com flash, lembre-se que quanto mais próximo do rosto ficar, pior é, principalmente em ambientes muito escuros, mesmo sem esses componentes corremos o risco de ficar com o rosto branco, então tente afastar um pouco e dar um zoom. E antes de sair de casa, faça sempre o teste!

Oleosidade e suor: Geralmente nesses eventos sempre tem música, pista de dança, e aí você caprichou no reboco e está com medo de chegar no meio da festa derretendo? Não fique!

Primeiro, use primer e opte por produtos pelo menos de olhos a prova d´água (máscara, lápis e delineador). Quando a maquiagem estiver pronta, borrife spray fixador ou bruma finalizadora – veja bem, eles têm funções diferentes, posso fazer um post mais específico qualquer dia, mas aqui vão dar uma última selada nessa maquiagem. Tenha sempre na bolsa um blotting paper, lenço blot ou papel anti brilho, que são a mesma coisa, papeizinhos finos que ao pressionar na pele absorvem o excesso de oleosidade, sem tirar a make ou o pó blot, que tem a mesma finalidade.

Tudo falado sobre o que temos que tomar cuidado, agora vamos às ideias do que podemos e devemos arrasar:

Cores: Durante um tempo os tons nude foram sinônimo de elegância e uma tendência, que não exatamente acabou, fez suas fãs, que continuam firmes nessa linha clássica, mas passaram a dividir espaço com as cores, ou pelo menos um toque de cor, para dar uma alegria ao look. “Ah, mas eu tenho medo de ficar parecendo o Patati Patatá! ” Calma, gente, é simples essa transição, se você não está acostumada, vá aos poucos, experimente um lápis azul ou verde fechado na linha d’água ou no clássico esfumado marrom e faça uso de um toque quente de tons, como laranja, vinho, violeta, nas extremidades e tcharãm, já tem aí uma maquiagem colorida a vista! E o brilho, para quem é de brilho, sempre tem novidades em textura, tamanhos e lançamentos de cores. A onda da vez são as sombras cremosas ou iluminadores em creme, líquidos e até batons usados na pálpebra. Eles ressaltam o reflexo das partículas dando a impressão de estarem molhados.

Deixo aqui algumas fotos de clientes que optaram por esses estilos em seus eventos:

make colorida

make colorida 3 (1)

maquiagem color (1)

Espero que tenham gostado e arrasem!

Um beijo e até a próxima!

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


Sobre o autor

Mary Hellen Jasso

Beauty artist formada pelo Liceu de maquiagem, Academia Internacional de Cinema e Instituto Krizek, acredito e sou interessada no conceito de beleza saudável - de dentro para fora - ligada nas tendências e apaixonada pelos filhos, arte e comida, entre outras (várias) coisas!


One Response to Beleza para noite

  1. Sueli Carneiro says:

    Obrigada pelas dicas! Eu não fazia ideia que esse dióxido de titânio causava esse efeito nas fotos! Vou ler os rótulos dos produtos antes de comprar agora.
    Já pensou arrasa na maquiagem e sai parecendo um fantasma nas fotos? Muito obrigada por essa informação. Bj

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para o Topo ↑