Cultura Curta

Publicado em 15/09/2017 | por Krishna Shinno

0

2:22 Encontro Marcado

Nosso encontro dessa vez foi um convite da Playarte Pictures para assistir 2:22 Encontro Marcado. A vida é rodeada de enigmas, padrões e sequência de atos que muitas vezes não conseguimos distinguir. Nesse filme um jovem controlador aéreo terá que encontrar repostas para salvar vidas, além da própria. Então queridos vamos para esse encontro?

O controlador de tráfego aéreo Dylan Branson (Michiel Huisman), de Nova York, está no auge de sua carreira, até que um dia, às 2h22 da tarde, um flash ofuscante o paralisa por alguns segundos cruciais e dois aviões quase entram em colisão em consequência do seu deslize. Suspenso de seu trabalho, Dylan começa a notar cada vez mais a ameaçadora repetição de sons e eventos em sua vida, que sempre acontecem exatamente na mesma hora a cada dia. Este misterioso padrão o atrai para a estação de trem e metrô Grand Central. A medida em que ele se envolve em um complexo relacionamento com uma bela mulher que trabalha em uma galeria de arte, Sarah (Teresa Palmer), Dylan descobre que terá de quebrar o poder do passado e assumir o controle do próprio tempo se quiser ter um futuro com ela. Antes de tudo, Jonas (Sam Reid), outra figura enigmática entra nessa trama que só poderá ser desvendada por Dylan. 222encontromarcado-01

Dirigido por Paul Currie , o filme estreou nos cinemas no dia 07 de setembro.  Tivemos os dois lados da crítica, de quem gostou e não gostou. Na minha opinião o filme não é ruim, só no começo achei o enredo um pouco perdido. Mas à medida em que as coincidências na vida do personagem vão acontecendo, a trama vai se incorporando. Tudo é uma questão de lógica, quando se percebe que pequenos detalhes acontecem no exato momento, ou seja às 2h22. Isso cria expectativas para o público decifrar o enigma junto com o mocinho da história. Sem contar que não é apenas um filme de ação, mas também tem romance, que por sinal é o ponto chave para desenrolar o final feliz ou trágico (nada de spoiler). Para quem não sabe, Michiel Huisman atuou na série Games of  Thrones como Daario Naharis  e no filme  A Incrível história de Adaline (2015) como Ellis Jones. Já a bela Teresa Palmer atuou nos filmes Quando As Luzes Se Apagam ( 2016 ), A Escolha (2016) , Meu Namorado é Um Zumbi (2013 ) e também  Eu Sou O Número Quatro (2011). Percebi que o casal protagonista arrancou suspiros.  No conceito geral, sim o filme é bom, por um lado uma história diferente  de romances vampirescos, extraterrestres e carros explodindo. Recomendo!

Pois é, queridos, o nosso encontro foi bem bacana já que voltamos também com os filmes americanos. Falamos bastante dos franceses e nacionais. Mas o Curta com Pipoca é isso, diversidade é essencial. Então nos acompanhe, porque  ainda teremos muitos encontros. Uma ótima semana e fiquem em paz!

Tags: , , , , , , , , ,


Sobre o autor

Aprecia tudo que esteja culturalmente agregado às emoções, e o cinema faz parte do universo encantador que a transporta para sonhos até transformá-los em história. Compartilha as suas experiências cinéfilas, acompanhada de uma boa dose de reflexão.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para o Topo ↑